Origem do estoque

De onde vem o estoque de roupas?

O estoque de roupas e sapatos geralmente se originam de três canais principais:

Excesso de produção planejado de têxteis

Os estoques de vestuário podem resultar do excesso de produção planejado. Seguindo o princípio das economias de escala, é bastante comum produzir lotes de estoque de roupas em quantidades excessivas para minimizar os custos unitários. Esses produtos novos em perfeitas condições não chegam aos varejistas, pois são explicitamente destinados ao mercado atacadista de moda.

Estoque de roupas não vendidas em lojas de varejo

Os estoques de roupas também podem ser formados por itens não vendidos acumulados no final da temporada de moda. Tais roupas e calçados são praticamente novos ou apresentam sinais quase imperceptíveis de uso. A integridade das condições depende em grande parte se elas foram mantidas no armazém ou exibidas nos espaços de varejo, onde estão disponíveis para serem experimentadas nos provadores.

Devoluções de clientes de lojas online

A terceira principal fonte de estoque de calçados, roupas e acessórios é o crescente volume de produtos que os compradores on-line retornam aos mercados de moda e negócios de comércio eletrônico.